Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Livrologia

by Miss X

Livrologia

by Miss X

13
Mai17

Qual um náufrago

Então o medo acalmou um pouco -

o tempo de desânimo, passado em grande angústia,

que tanto tinha durado no profundo do coração.

 

Qual um náufrago que, com o fôlego ansiado,

tendo escapado do mar profundo, enfim, sobre a

margem, se volve para a água perigosa e olha fixo,

 

assim o meu espírito, que sentia ainda a ansiedade

de salvar-se, volta-se para rever a passagem da

selva, que nunca ninguém transpôs com vida.

Dante-Divina Comédia

O Inferno-Canto I