Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

by Miss X

Livrologia

by Miss X

03
Fev16

Alain de Botton | A Arte de Viajar

O que me fez retirar este livro da estante da biblioteca foi o título.

Apesar de desconhecer o seu autor, acreditei que iria voar por locais distantes e inóspitos. Com sorte e uma pitada de humor à mistura, leria aventuras caricatas e outras tantas que me fizessem reflectir sobre esse acto tão solitário que é viajar.

Mas não.

O que eu encontrei foram excertos de textos de outros escritores, um palavrear incessante sem conteúdo, como peças perdidas de diferentes puzzles que não encaixam por não pertencerem ali. Da arte de viajar pouco aprendi.

Li algures que este livro "analisa o lado psicológico que envolve o acto de viajar: como imaginamos lugares antes de viajar, como nos lembramos das coisas boas, o que acontece quando observamos um deserto, ou ficamos em um hotel." Não poderia discordar mais.

À excepção de um pequeno texto sobre Van Gogh que achei interessante, por ter sido um artista que, de facto, transpôs as suas impressões de viajante para os seus quadros, e outro sobre Humboldt e as suas viagens épicas de descoberta, nada me atraiu neste livro.

03
Fev16

Uma série de livros sobre nada

Alain de Botton um conhecido filósofo pop que aplica a filosofia à vida quotidiana (só esta descrição já me provoca diarreia mental) escreveu uma série de livros sobre nada. Exactamente o que acabaram de ler. NADA.

Hoje em dia tudo é possível. Inclusivé tornarmo-nos em pseudo-filósofos-escritores de sucesso. Para isso basta coleccionar palavras cheias de ar, encaixá-las como legos, num jogo infantil inconsequente,  e rabiscá-las em papel branco. Sim, porque da arte da escrita nada vi naquelas páginas.

Pelos vistos este senhor tem uma série de livros escritos, uma mistura de auto-ajuda com pseudo-filosofia e não deixa de ser impressionante esta quantidade de tentativas de ridicularização de tudo e de todos, especialmente dos seus leitores.

Neste momento, estou a ler A Arte de Viajar. Tenho reservado a leitura deste livro para a casa de banho, o único lugar digno para uma obra como esta.

Ainda não acabei de ler o livro, visto que as minhas necessidades fisiológicas abrandaram o seu ritmo perante tamanha profundidade filosófica.

c7ce3a9f771742f665af3cf814b75f32.jpgImagem www.pinterest.com