Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

by Miss X

Livrologia

by Miss X

11
Fev18

Lev Tolstoi| A escrita do seu diário

Imagem relacionada
Diário de Lev Tolstoi
Imagem commons.wikimedia.org
 
Em 1847, Tolstoi começou a escrever um diário, que se tornou no seu laboratório para experiências de auto-análise e, mais tarde, para a sua ficção. 
Com algumas interrupções, Tolstoi manteve os seus diários ao longo da vida, tornando-se num dos escritores mais copiosamente documentados. 
Os primeiros diários revelam o seu fascínio pela criação de regras, visto que Tolstoi criou regras para os diversos aspectos do comportamento social e moral.
Mas também revelam o constante fracasso do escritor em honrar essas mesmas regras: as suas tentativas falhadas de criar novas regras para garantir a obediência às antigas e os seus frequentes actos de auto-punição.
A conclusão final de Tolstoi, de que a vida é demasiado complexa e desorganizada para se adaptar às regras ou aos sistemas filosóficos, talvez esteja na origem das suas tentativas fúteis de auto-regulação.
Tradução livre do inglês de www.britannica.com
11
Fev18

O serviço militar corrompe os homens

De uma maneira geral, o serviço militar corrompe os homens porque os põe em condições de absoluta ociosidade, isto é, não lhes dá nenhum trabalho razoável e útil. Liberta-os de todos os deveres sociais substituindo-os por um convencional sentimento de honra em relação ao regimento, ao uniforme e à bandeira, assim como por um poder ilimitado sobre uma certa categoria de seres, por um lado, e por uma obediência servil aos chefes hierárquicos, por outro.

Ressurreição-Lev Tolstoi

11
Fev18

Lev Tolstoi| No exército

Imagem relacionada

Lev Tolstoi

Imagem commons.wikimedia.org

Depois de deixar a universidade em 1847, sem um diploma, Tolstoi regressou a Yasnaya Polyana, onde planeava educar-se, gerir a sua propriedade e melhorar o lote dos seus servos.

Apesar das frequentes resoluções de mudança do seu modo de vida, continuou a levar uma vida de libertino durante as suas estadias em Tula, Moscovo e São Petersburgo. Em 1851 juntou-se ao seu irmão mais velho Nikolay, um oficial do exército, no Cáucaso e depois ingressou no próprio exército. Participou em campanhas contra os povos nativos e, logo depois, na Guerra da Crimeia (1853-56).

Tradução livre do inglês de www.britannica.com