Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Livrologia

by Miss X

Livrologia

by Miss X

09
Dez17

Todo o campo se cala

Que fascinante, que luxuriante é o dia estival na Ucrânia! Que elanguescentes as horas de calor, quando o meio-dia brilha no silêncio e na canícula, e o imenso oceano azul, arqueado sobre a terra como uma cúpula lúbrica, parece dormente, mergulhado em deleite, apertando a sua beldade num abraço aéreo! Não há nele uma nuvem. Todo o campo se cala. Parece que morreu tudo; apenas no alto, nas profundezas celestes, vibra a cotovia, e as canções argênteas voam pelos degraus etéreos, descendo à terra enamorada, e de vez em quando um grito de gaivota ou a sonora voz da codorniz ecoam na estepe. Preguiçosos, sem pensarem em nada, como se passeassem sem destino, erguem-se até aos céus os carvalhos, e os golpes deslumbrantes dos raios do sol incendeiam umas massas pitorescas de folhagem, lançando sobre outras uma sombra escura como a noite que as rajadas de vento salpicam de ouro.

in A Feira de Sorótchinets em Noites na Granja ao Pé de Dikanka de Nikolai Gogol