Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

by Miss X

Livrologia

by Miss X

16
Out18

William Somerset Maugham| Paixões avassaladoras

maugham.png

Maugham à entrada da sua Villa Mauresque@ Getty Images

 

Actualmente Maugham está fora de moda, como muitos dos clássicos de literatura, mas houve tempos em que superou as vendas dos seus livros, escritores contemporâneos como Joseph Conrad e Robert Louis Stevenson. Antes dos 30 anos, já tinha apresentado quatro peças de teatro no West End em simultâneo.

Quando escreveu Servidão Humana, em 1915, em que descreve a perversa escravização de um homem à mulher rebelde que amava, Maugham foi aclamado como um génio, os seus aforismos teriam o mesmo nível que os do mestre Oscar Wilde.

O problema de Maugham, como o de Wilde, era a sua vida privada, pouco ortodoxa.

A personagem feminina de Servidão Humana foi baseada num homem irresponsável que humilhou o autor por toda a Paris e Londres, quebrando o coração de Maugham.

Aos 16, Maugham decidira aprender alemão em Heidelberg, onde cai sob o feitiço do primeiro de muitos amantes do sexo masculino, um graduado de Cambridge que o extasiou com o seu conhecimento de poesia e clássicos. 
Quando viaja para a Ilha de Capri com o seu amante de Heidelberg, diz que pela primeira vez se sentiu vivo quando avista a  beleza da ilha, para onde muitos ingleses homossexuais se exilaram após a condenação de Oscar Wilde.

Tradução livre do inglês

"The first superstar novelist Somerset Maugham: Is he the most debauched man of the 20th century?"-Glenys Roberts @ Daily Mail