Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livrologia

Livrologia

26
Out20

1919, ano do nascimento de Sophia

sophia001.jpg

Natal de 1919 na Quinta do Campo Alegre, no ano de nascimento de Sophia, um dos bebés da foto

@ Sophia de Mello Breyner Andresen de Isabel Nery

 

Conspira√ß√Ķes, atentados, tiroteios nas ruas e cenas de pugilato na Assembleia faziam parte do¬†quotidiano dos portugueses em 1919, ano do nascimento de Sophia.

Desse ambiente de guerra civil¬†d√° conta o av√ī Tom√°s, que registava a sua revolta e discord√Ęncia pela situa√ß√£o do pa√≠s nos¬†cadernos pessoais. Um deles tem a capa gravada com o t√≠tulo Agenda Memorial-Di√°rio -1919. A√≠¬†escreveu, riscou e rabiscou com caneta preta de tinta permanente logo no in√≠cio do ano, a 11 de¬†janeiro:¬†¬ęA noite foi agitada. Muita tropa nas ruas. As patrulhas de vez em quando disparam.¬Ľ¬†Logo¬†no m√™s seguinte,a 22 de fevereiro anota a vermelho, no canto da p√°gina, ¬ęmotins graves¬Ľ.

(...)

Sophia nasce num país que fugia e morria. Em 1919, Portugal atinge um pico de 69 mil emigrantes e faz o luto de quase outros tantos habitantes (60 mil) levados pela pneumónica. No ano de batismo da poeta perdiam-se milhares de vitimas de doenças infectocontagiosas como o tifo, sintoma de miséria: 2282 mortes contabilizadas só nesses doze meses.

(...)
Mas não há escombros, ameaças nem guerra eminente que possam impedir certas urgências da natureza. Tal como a morte, o nascimento não se adia, nem se atrapalha com momentos históricos mais ou menos atribulados. Simplesmente acontece. E a Sophia aconteceu-lhe às 11 horas e 20 minutos do dia 6 de novembro de 1919, em casa dos pais, na Rua António Cardoso, n.o 170, no Porto.

(...)

√Ä hora a que Sophia nasceu, o av√ī Tom√°s viajava no comboio de Lisboa para o Porto e o pai¬†preparava-se para erguer perante a matilha dos seus c√£es de ca√ßa a primeira filha. Sem mais¬†delongas, e apesar do frio agreste de um novembro no Norte do pa√≠s, Jo√£o Henrique Andresen¬†entendeu urgente levar a rec√©m-nascida ao alpendre para a apresentar ao universo. Talvez um¬†momento premonit√≥rio da rela√ß√£o quase m√≠stica que a poeta viria a acalentar com a natureza, uma¬†constante na sua obra e um tra√ßo marcante da sua personalidade.

(...)

Rendido ao amor pela mais nova Mello Breyner - ¬ęEstive muito tempo com a rica neta ao colo.¬†Querida e que amor ela √©! Que ternura me faz!¬Ľ

in Sophia de Mello Breyner Andresen de Isabel Nery

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem coment√°rios moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

O autor português de 2021 é Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
A autora portuguesa em destaque de 2019/2020 foi Sophia de Mello Breyner Andresen
Visitem o seu mundo encantado
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos P√°ssaros est√° aqui!
Tudo o que escrevi para Os Desafios da Abelha est√° aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Estante

no fundo da estante