Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

19
Jul14

Andréa Del Fuego|Os Malaquias

Literatura brasileira no seu melhor.

Um poema em forma de livro, cheio de pequenos mistérios da vida, cheio de símbolos mágicos, cheio de vida.

Dentro destas p√°ginas ouvem-se os grilos a sussurrar ao p√īr-do-sol, a brisa a brincar nas √°rvores e os murm√ļrios cristalinos da √°gua.

O acaso encarregou-se de o escolher por mim.

Foi a leitura perfeita à beira-mar.

09
Jul14

Meg Rosoff|Em Nome do Amor

 Como viver o amor em plena guerra e como conseguir amar após as suas atrocidades.

A guerra e a vida agridoce vista, ouvida, saboreada, aromatizada e sentida por uma adolescente de 15 anos.
Um livro imperdível.
O filme com o título original How I live Now realizado por Kevin Macdonald será exibido em Outubro deste ano.
08
Jul14

Katherine Pancol|Os Olhos Amarelos dos Crocodilos

Um drama transformado em arte. O amor nas suas diferentes variantes: o seu fim, o seu início, o seu recomeço e o seu lento falecimento.

"Dá-nos a conhecer as mulheres que somos, as que queremos ser, as que nunca seremos e as que talvez sejamos um dia. Mulheres à procura de um caminho na vida, em busca de si próprias e à descoberta de novos amores." In www.segredodoslivros.com
Li este livro no momento certo da minha vida, porque esta escritora prova-nos, através da ficção, que na realidade todos os fins são apenas princípios de algo mais.
06
Jul14

A Fada Oriana levou-me para a floresta

A Fada Oriana de Sophia de Mello Breyner Andresen

Quando aprendi a ler, tornei-me numa menina leitora de fadas. Nunca de princesas. As fadas continham em si uma liberdade e uma magia tais que me fascinavam. Para além disso, abrigavam em si uma sabedoria milenar e misteriosa. As princesas só queriam apaixonar-se, casar e viver felizes para sempre. Nunca as compreendi.

Na minha memória desfocada e quase perdida vejo uma menina de 6 anos, sentada a uma mesa, na escola primária. No dia semanal da leitura, em que podíamos escolher ler o livros que quiséssemos, Oriana levou o dedo aos lábios, fez um shiiuu silencioso e chamou-me para a sua floresta.

Oriana era um nome t√£o bonito. O mais bonito que alguma vez tinha ouvido.

E o fascínio com que ela impregnou a minha vida ainda persiste actualmente.

O que mais gostei na Oriana foi a sua imperfeição. Perdeu as asas e a sua magia. Mas mesmo tendo perdendo tudo, a coragem prevaleceu. E teve a coragem de se perder para salvar alguém.

Desde esse dia, Oriana encanta o meu jardim, dança nos meus suspiros e inventa-me os sonhos.

05
Jul14

O Desassossego chegou a Lisboa

Christian Kjelstrup depois de Oslo, desassossegou a Baixa de Lisboa com a sua "Livraria do Desassossego".

Na loja A Vida Portuguesa, no n.¬ļ 11 da Rua da Anchieta, o noruegu√™s Christian Kjelstrup tem uma livraria ‚Äėpop-up' (tempor√°ria) inteiramente dedicada ao semi-heter√≥nimo de Pessoa, onde s√≥ se vende um √ļnico livro: "O Livro do Desassossego". A "Livraria do Desassossego" √© um conceito criado pelo estudioso de literatura russa, que na Noruega descobriu Pessoa e imediatamente se apaixonou pelo escritor portugu√™s.

As receitas de venda dos livros vão para um projeto de solidariedade que pretende levar crianças portuguesas carenciadas à Noruega. Até este domingo, Kjelstrup convida todos a visitarem a sua "livraria".

Um encontro de almas gémeas predestinado, entre escritor e leitor, que o tempo se encarregou de desvendar até domingo, 6 de Julho.

P√°g. 1/2

O Livrologia é finalista dos Sapos do Ano
Ainda n√£o votaram?
Votem até 30 de Novembro. Aqui!
A Miss X aceitou o Desafio de Escrita dos P√°ssaros Espreitem o ninho
2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
point.png
Em 2020 irei ler, ao longo de todo o ano, um autor português. Mas ainda é segredo! Querem tentar adivinhar?
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices

ūüďÜ Eventos Livrescos

  •  
  • A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    O que leio, capa a capa

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D