Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

29
Mai16

A Feira do Livro de outros tempos ||001||

O pavilhão da Dom Quixote foi, durante muito tempo, um dos mais concorridos de todos. E isso não era obra do acaso, mas de um autor em particular: António Lobo Antunes.

A grande estrela da editora nessa altura era o Lobo Antunes.

Tinha filas inacredit√°veis de gente √† espera de um aut√≥grafo‚ÄĚ, diz ao Observador Manuel Alberto Valente, atual diretor da divis√£o editorial liter√°ria da Porto Editora.

Ao contr√°rio de Saramago, que ficava ao ar livre numa mesa entre os pavilh√Ķes da Caminho, Lobo Antunes permanecia no interior do stand da Dom Quixote. ‚ÄúA aflu√™ncia de p√ļblico era t√£o grande que cri√°mos um sistema.

As pessoas compravam os livros e escreviam o nome num papel. Os livros eram postos numa pilha e ele ia assinando. Quando estavam prontos, gritava-se o nome do leitor para que fosse busc√°-los‚ÄĚ, acrescenta.

‚ÄúNesses tempos, a Feira era muito frequentada ao ser√£o e fechava √† meia-noite. S√≥ que, √†s vezes, era imposs√≠vel encerrar a essa hora por causa da quantidade de pessoas que queriam um aut√≥grafo do Ant√≥nio.‚ÄĚ Invariavelmente, Ant√≥nio Lobo Antunes tinha √† sua espera um grupo de mulheres que se deixavam ficar at√© ao fim das sess√Ķes.

Em observador.pt

28
Mai16

O permanente e renovado interrogar da vida

O pensamento de um escritor autêntico - leia-se: de um criador autêntico - jamais se fixa numa atitude definitiva. A característica da criação superior é o permanente e renovado interrogar da vida e a tentativa infatigável de a revelar, em toda a complexidade.

Texto da contracapa de Humilhados e Ofendidos de Dostoievski, Edição Unibolso

b950cd1da7e2d0c1fa0deed4a6fcbb42.jpgImagem www.pinterest.com 

O Livrologia é finalista dos Sapos do Ano
Ainda n√£o votaram?
Votem até 30 de Novembro. Aqui!
A Miss X aceitou o Desafio de Escrita dos P√°ssaros Espreitem o ninho
2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
point.png
Em 2020 irei ler, ao longo de todo o ano, um autor português. Mas ainda é segredo! Querem tentar adivinhar?
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices

ūüďÜ Eventos Livrescos

  •  
  • A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    O que leio, capa a capa

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D