Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

26
Jun17

Dante Alighieri| A topografia do Inferno de Dante

Um lugar subterr√Ęneo habitado pelas almas dos mortos; segundo alguns dogmas religiosos, o destino de supl√≠cios, onde os condenados ficar√£o¬†submetidos aos dem√≥nios.

Uma morada de muitos demónios. Local de tormento e martírio atroz. Desordem e confusão. Desassossego e inquietação: eis o Inferno.

De acordo com a descrição de Dante, o Inferno consiste em nove círculos concêntricos, em forma de cone, cada círculo correspondendo a um pecado, descrevendo o modo como o pecador irá sofrer durante toda a sua eternidade.

À medida que os círculos se afunilam, o Inferno torna-se mais profundo, até chegarem ao centro da Terra.

Quanto mais profundo o círculo, piores os pecados e piores os castigos.

Os mortos s√£o atormentados por centenas de dem√≥nios, objectos obscuros, for√ßas da natureza e situa√ß√Ķes que os afetam n√£o s√≥ espiritualmente, como tamb√©m mentalmente, deixando-os, como o pr√≥prio Dante relata, num estado catat√≥nico.

Pesquisa e adaptação de www.olingueto.com, obviousmag.org e www.bbc.com

 

Imagem relacionada

Pintura de Sandro Botticelli, representa o inferno, tal como descrito por Dante Alighieri na Divina Comédia

Imagem impresso.em.com.br

22
Jun17

A Fortuna faça girar porém a sua roda como lhe agraciar, e o vilão a sua enxada

¬ęQuero somente que saibais isto, tanto que a

minha consciência é tranquila, estou resignado

à minha sorte, qualquer que ela seja.

 

Tais vaticínios não são novos para os meus

ouvidos: a Fortuna faça girar porém a sua roda

como lhe agraciar, e o vil√£o a sua enxada!¬Ľ

 

Então Virgílio, voltando-se para o lado

direito olhou-me; depois disse:

¬ęBem escuta quem fixa na mente¬Ľ.

Dante-Divina Comédia

O Inferno-Canto XV

22
Jun17

Da natureza e da arte

¬ęFilosofia¬Ľ, me disse, a quem a entende,

ensina n√£o somente em um texto,

como a natureza procede

 

da divina inteligência e do modo de operar de

Deus; e se tu consultares bem a tua ¬ęF√≠sica¬Ľ,

encontrar√°s, depois de poucas p√°ginas,

 

que a vossa arte segue quanto pode,

a natureza, como discípulo ao mestre;

que é de Deus quase neta vossa arte.

 

Da natureza e da arte convém

que os homens, segundo o ¬ęG√©nesis¬Ľ, tirem

o seu sustento e progresso;

 

e porque o usur√°rio segue outra via, ofende

a natureza em si mesma e na arte, pondo a sua

esperança no fruto do dinheiro emprestado.

Dante-Divina Comédia

O Inferno-Canto XI

22
Jun17

A Terra é redonda, mas as utopias nunca o serão

coffee.jpgTantos livros que ainda n√£o li!

Uma amante da literatura que a abandonou algures no passado e que tenta redimir-se agora, saboreando-a de outra forma.

Com o olhar tragicómico dos quarenta, nenhuma leitura me foi tão acutilante como a de agora.

Com as rugas emerge, de facto, uma sabedoria criticamente tranquila, que nos desdramatiza.

Todo o drama transforma-se em emoção contida, uma delícia da vida que sabemos ser o seu alimento.

A descida ao Inferno dantesco é o desbravar daquilo que sempre soubémos e ao qual fechamos os olhos.

Não ver, não sentir, em prol da nossa sobrevivência hipócrita neste mundo que nunca será melhor do que é, por mais utopias que criarmos à sua volta.

A Terra é redonda, mas as utopias nunca o serão.

P√°g. 1/2

2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
Em 2021 irei ler Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos P√°ssaros est√° aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Estante

no fundo da estante