Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

06
Set17

Como se unem a natureza humana e a divina

Dentro em si, a eterna margarida

nos recebeu, como √°gua que recebe

raio de luz, permanecendo unida.

 

Se eu era corpo, -aqui na Terra n√£o se concebe

como duas dimens√Ķes pudessem compenetrar-se

numa, o que deve necessariamente acontecer se um

corpo penetra no outro,

 

- o desejo nos deveria ainda mais inflamar de

contemplar aquela Essência, na qual se vê como

se unem a natureza humana e a divina.

Dante-A Divina Comédia

O Paraíso-Canto II

06
Set17

Encontrei-me maravilhado no globo da Lua

Beatriz olhava o céu, e eu a ela, e

t√£o depressa como uma frecha se aponta

ao alvo e voa até tocar a meta,

 

encontrei-me maravilhado no globo da Lua,

Beatriz atraiu a si o meu olhar; ela, a quem

n√£o era oculto algum pensamento da minha mente.

Dante-A Divina Comédia

O Paraíso-Canto II

 

Resultado de imagem para dante and beatriz

Imagem Dante e Beatriz in rceliamendonca.com

06
Set17

Perdendo-me, ficareis perdidos

√ď v√≥s que, em fr√°gil barquinha,

seguis, desejosos de me escutar,

atr√°s do meu navio, que, cantando, voga,

 

retrocedei para rever as vossas praias!

n√£o vos arrisqueis no alto mar! Que, talvez,

perdendo-me, ficareis perdidos.

Dante-A Divina Comédia

O Paraíso-Canto II

05
Set17

Navegando para diversos portos pelo grande mar do ser

Todas as coisas est√£o entre si

coordenadas, e esta harmonia é o princípio que dá

unidade às coisas criadas, tornando-as

semelhantes a Deus.

 

Nesta ordem das coisas criadas, altas criaturas

reconhecem o sinal da sapiência de Deus, que é o

fim √ļltimo a que √© subordinada a ordem do mundo.

 

Nesta ordem, todos os seres criados est√£o dispostos

em rela√ß√£o a Deus, √ļltimo fim, em diversa maneira,

alguns estando mais vizinhos, outros menos,

do próprio Deus.

 

Navegando para diversos portos

pelo grande mar do ser, cada uma das coisas

criadas se move segundo o instinto ingénito.

Dante-A Divina Comédia

O Paraíso-Canto I

05
Set17

A memória não pode seguir o intelecto

A glória de Deus, que move tudo,

penetra pelo Universo, e brilha

numa parte mais, e noutra menos.

 

No Empíreo, Céu de pura luz,

estive, e vi coisas que n√£o sabe

nem pode contar quem de l√° desce,

 

porque, aproximando-se de Deus, √ļltimo fim dos

seus desejos, o nosso intelecto engolfa-se tanto,

que a memória não pode seguir o intelecto.

Dante-A Divina Comédia

O Paraíso-Canto I

03
Set17

As palavras sempre retornam ao livro, de onde vieram

coffee.jpg

Os livros fazem parte da nossa vida, e a nossa vida pertence-lhes.

Há momentos em que nos zangamos, sorrimos, pensamos, debatemos e, outros, os de silêncio e ausência, em que nos afastamos.

Permanecem as páginas fechadas, abraçando o pó que cai lentamente da azáfama dos dias, isoladas em pensamento suspenso fora de tempo.

Perscurtando o alvorecer e o anoitecer, o Sol e a Lua, Primaveras e Invernos das nossas vidas, ali ficarão em espera contida até serem novamente desvendados.

Esse dia h√°-de chegar, chega sempre, sem aviso, sem tempo, como chuva em campo de trigo seco.

E renascemos.

As palavras sempre retornam ao livro, de onde vieram, e sempre voltarão ao leitor que as arrebatou.

Imagem www.pinterest.com

03
Set17

Dante Alighieri| Os círculos do Purgatório

O¬†Purgat√≥rio¬†consiste em¬†dez divis√Ķes das quais as duas primeiras situam-se fora dos port√Ķes da montanha sagrada, no¬†Ante-Purgat√≥rio. As sete seguintes correspondem √†s √°reas de purga√ß√£o dos sete pecados capitais, que s√£o apresentados, por Dante, como formas corrompidas do Amor. S√£o, portanto, nove c√≠rculos de purga√ß√£o e penit√™ncia. A √ļltima divis√£o da montanha do¬†Purgat√≥rio¬†√© o Para√≠so Terrestre onde as almas s√£o purificadas.

 

Ante-Purgat√≥rio:¬†onde est√£o as almas dos que se arrependeram no √ļltimo momento.

 

Excomunh√£o:¬†Canto III¬†(1¬į terra√ßo)

 

Arrependimento tardio:¬†Canto IV¬†(2¬į terra√ßo)¬†

- Demoraram por negligência ou preguiça: Canto IV 

- Deixaram para a hora da morte: Canto V 

- Por causa de suas ocupa√ß√Ķes, n√£o tiveram tempo:¬†Canto VI

 

Porta do Purgatório: Canto IX

 

Baixo Purgatório (amor pervertido): onde estão as almas daqueles que perverteram o amor.

 

(1) Orgulho: Canto X

 

(2) Inveja: Canto XIII

 

(3) Ira e rancor: Canto XVI

 

 

Médio Purgatório (amor falho): onde estão as almas daqueles que não conseguiram amar.

 

(4) Preguiça: Canto XVIII

 

Alto Purgatório (amor excessivo): onde ficam aqueles que amaram em excesso.

 

(5) Avareza e gastança ostensiva: Canto XIX

 

(6) Gula: Canto XXII

 

(7)¬†Lux√ļria:¬†Canto XXV

 

Parede de fogo (Paraíso Terrestre): Canto XXVII

in www.stelle.com.br

 

Ao contrário do Inferno, onde os pecados que aparecem no início são os mais leves e quanto mais se desce, mais graves eles ficam, no Purgatório, os piores pecados aparecem no Baixo Purgatório e os menores, no Alto.

No início da subida da montanha os arrependidos tardios aguardam a permissão para passarem pela Porta de São Pedro antes de iniciarem a sua subida.

Cada um dos sete c√≠rculos corresponde a um dos sete pecados capitais, na seguinte ordem:¬†Orgulho,¬†Inveja,¬†Ira,¬†Pregui√ßa,¬†Avareza, Gula¬†e¬†Lux√ļria.¬†

in pt.wikipedia.org

2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
Em 2021 irei ler Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos P√°ssaros est√° aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Estante

no fundo da estante