Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

08
Out17

Os engodos que a natureza ou a arte dão à vista

A minha mente, que por impulso de amor corteja

sempre a minha Dama, estava desejosa mais que

nunca de volver a ela o olhar:

 

e os engodos que a natureza ou a arte

dão à vista, para render a mente,

em imagem de carne ou de pintura;

 

nada foram, unidos juntamente,

em confronto com a divina beleza,

que me resplandece dos olhos ridentes de Beatriz.

Dante-A Divina Comédia

O Paraíso-Canto XXVII

08
Out17

Dante Alighieri| As Esferas do Paraíso

Resultado de imagem para dante's paradise spheres Imagem www.slideshare.net
 
A Primeira Esfera
A esfera da Lua é a das almas que foram virtuosas mas abandonaram os seus votos, e assim foram insuficientes na virtude da coragem (Cantos II a V). Dante encontra Piccarda, irmã do amigo de Dante Forese Donati, que morreu pouco depois de serem separados pelo convento. Beatriz discute sobre a liberdade da vontade e da inviolabilidade dos votos sagrados.
 
A Segunda Esfera
A esfera de¬†Merc√ļrio¬†√© a das almas que fizeram bom uso dos seus desejos de fama, mas que, sendo ambiciosas, foram insuficientes em virtude da¬†justi√ßa¬†(Cantos V a VII).¬†Justiniano¬†reconta a¬†hist√≥ria do Imp√©rio Romano. Beatriz explica a Dante a¬†repara√ß√£o de Cristo pelos pecados da humanidade.
 
A Terceira Esfera
A esfera de¬†V√™nus¬†√© a das almas que fizeram bons usos do amor, mas foram insuficientes na virtude da¬†temperan√ßa (Cantos VIII e IX). Dante encontra¬†Carlos Martel de Anjou, que condena aqueles que adoptam voca√ß√Ķes inadequadas.¬†Folquet de Marselha¬†aponta para¬†Raabe, a alma entre as mais brilhantes desta esfera, e condena a cidade de¬†Floren√ßa¬†por produzir a "flor maldita"(o¬†florim), que √© respons√°vel pela corrup√ß√£o da Igreja.
 
A Quarta Esfera
A esfera do Sol é a das almas dos sábios, que personificam a prudência (Cantos X a XIV). Dante é guiado por São Tomás de Aquino, um dominicano, que narra a vida de São Francisco de Assis e lamenta a degradação da sua própria Ordem dos Pregadores. Dante passa então a ser atendido por São Boaventura, um franciscano, que narra a vida de São Domingos e lamenta a corrupção da Ordem Franciscana. As duas ordens não foram sempre amigáveis na terra e ao retratar um membro de uma ordem, elogiando o fundador da outra, e lamentando o destino de sua própria, mostra aos outros o amor presente no céu. Alberto Magno, Pedro Lombardo e Siger de Brabante estão entre os incluídos.
 
A Quinta Esfera
A esfera de Marte é formada pelas almas que lutaram pelo cristianismo e que encarnam a coragem (Cantos XIV a XVIII). As almas desta esfera formam uma enorme cruz. Dante fala com a alma do seu antepassado, Cacciaguida, que elogia as virtudes do ex-moradores de Florença, narra a ascensão e queda de famílias florentinas e anuncia o exílio de Dante de Florença, antes de finalmente introduzir algumas almas guerreiras notáveis (entre eles Josué, Rolando, Carlos Magno e Godofredo de Bulhão).
 
A Sexta Esfera
A esfera de¬†J√ļpiter¬†√© a das almas que personificaram a justi√ßa, algo de grande interesse para Dante (Cantos XIX a XX). As almas aqui anunciam em latim: "Amem a justi√ßa, v√≥s que julgais a terra", e depois arranjam-se na forma de uma √°guia imperial. Aqui presentes est√£o¬†David,¬†Ezequias,¬†Trajano¬†(que se teria convertido ao cristianismo de acordo com uma lenda medieval),¬†Constantino,¬†Guilherme II da Sic√≠lia, e - Dante √© surpreendido com isso -¬†Rifeu de Tr√≥ia, um pag√£o salvo pela miseric√≥rdia de Deus.
 
A Sétima Esfera
A esfera de Saturno é a dos contemplativos, que personificam a temperança (Cantos XXI e XXII). Dante encontra aqui Pedro Damião e discute com ele o monaquismo, a doutrina da predestinação e o triste estado da Igreja. Beatriz, que representa a teologia, torna-se cada vez mais adorável aqui, indicando a revelação mais próxima dos contemplativos sobre a verdade de Deus.
 
A Oitava Esfera
A esfera das¬†estrelas¬†fixas √© da¬†Igreja triunfante¬†(Cantos XXII a XXVII). Aqui, Dante tem vis√Ķes de Cristo e da Virgem Maria. Ele √© testado na sua f√© por¬†S√£o Pedro, na sua esperan√ßa por¬†S√£o Tiago¬†e¬†no amor por¬†S√£o Jo√£o Evangelista.
 
A Nona Esfera
O¬†Primum Mobile¬†("Primeira esfera a ser movida"), a √ļltima esfera do universo f√≠sico. Ela √© movida directamente por Deus e o seu movimento provoca o movimento de todas as demais esferas que ela encompassa (Canto XXVII).
 
O Empíreo
A partir do Primum Mobile, Dante ascende a uma regi√£o, al√©m da exist√™ncia f√≠sica, o chamado¬†Emp√≠reo¬†(Cantos XXX atrav√©s XXXIII). Aqui as almas de todos os crentes formam as p√©talas de uma enorme rosa. Aqui, Beatriz deixa Dante com S√£o Bernardo, porque a teologia ter√° atingido os seus limites. S√£o Bernardo reza a Maria em nome de Dante. Finalmente, Dante fica de frente com o pr√≥prio Deus e √©-lhe concedida a compreens√£o das naturezas Divina e Humana. A sua vis√£o est√° al√©m da compreens√£o humana. Deus aparece como tr√™s c√≠rculos que representam o Pai, o Filho e o Esp√≠rito Santo com a ess√™ncia de cada parte de Deus, mas cada um separado. O livro termina com Dante tentando compreender como os c√≠rculos se encaixam, como o Filho √© separado, mas ainda uno com o Pai, mas, como o pr√≥prio Dante coloca, este "n√£o √© um v√īo para as minhas asas".

in pt.wikipedia.org

06
Out17

O ladr√£o pode salvar-se

Não sejam os homens também muito seguros

em julgar, como os que estimam o trigo,

no campo, antes que seja maduro:

 

porque a aparência engana tanto que eu vi

o espinheiro mostrar-se rígido e agreste durante

o Inverno, e depois na Primavera apresentar a rosa;

 

e vi o navio, depois de ter velejado

feliz e velozmente durante a sua viagem,

afundar-se ao entrar no porto.

 

N√£o creiam os homens e as damas vulgares, vendo

um dado ao roubo, e um outro a dar esmolas,

conhecer o juízo divino a respeito dos dois:

 

porque o ladr√£o pode salvar-se, e o das esmolas perder-se.

Dante-A Divina Comédia

O Paraíso-Canto XIII

06
Out17

O amor da própria opinião

Porque muitas vezes o juízo corrente, precipitoso,

não ponderado, é erróneo, e depois o amor da

própria opinião impede ao intelecto de discernir

o verdadeiro.

 

Quem pesca o verdadeiro sem conhecer o método,

afasta-se da terra com dano seu, porque

n√£o torna qual tinha partido.

Dante-A Divina Comédia

O Paraíso-Canto XIII

2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
Em 2021 irei ler Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos P√°ssaros est√° aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Estante

no fundo da estante