Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

01
Mar18

Obtendo substâncias místicas inesperadas

Resultado de imagem para coffee and books

Ler Tolstoi tem sido uma experiência social.

É estar ao lado de um alquimista que tenta reproduzir a pedra filosofal e que, durante as suas tentativas, cria todas estas transmutações extraordinárias, combinando o humano com o divino, obtendo substâncias místicas inesperadas.

Tolstoi paralisa-nos neste fascínio de palavras hipnóticas que nos levam para outros mundos esquecidos.

01
Mar18

Uma conversa comigo mesmo

Mal entrou em casa, agarrou no diário, abandonado havia muito tempo, leu algumas passagens, e escreveu depois o seguinte: «Há dois anos que nada anoto neste diário, e pensava nunca mais me ocupar desta infantilidade. E, contudo, não se tratava de uma infantilidade, mas de uma conversa comigo mesmo, com esse eu verdadeiro que habita em cada um de nós. Durante este tempo, este eu adormeceu e faltava-me alguém com quem dialogar.»

Ressurreição-Lev Tolstoi

01
Mar18

No decorrer de uma caçada

Nesse momento, sentiu o que habitualmente sentia no decorrer de uma caçada, quando tinha de dar o golpe de misericórdia a uma ave ferida: desgosto, piedade e remorso. A ave debate-se e nós sentimos vontade de acabar com ela o mais depressa possível para podermos esquecer.

Ressurreição-Lev Tolstoi

01
Mar18

A manifestação da sua alma ao procurar voltar a si

Nekliudov deixou-a partir e, por um instante, sentiu-se perturbado e envergonhado a tal ponto que chegou mesmo a experimentar repulsa por si próprio. Nesse momento, deveria ter escutado a sua consciência, mas não compreendeu que essa perturbação e essa vergonha eram a manifestação da sua alma ao procurar voltar a si; pelo contrário, pensava que essa perturbação era apenas consequência da sua falta de habilidade, e que era preciso proceder como toda a gente.

Ressurreição-Lev Tolstoi

Pág. 2/2

Quanto mais leio menos sei
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos Pássaros está aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
Notícias literárias ou assim-assim em Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog não adopta o novo Acordo Ortográfico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Estante

no fundo da estante