Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

01
Abr19

Sophia de Mello Breyner Andresen | Dual

Li Dual de rajada.

Sem pausas, sem parar.

Há uma luta dramática contra a injustiça neste livro, talvez tenha sido por isso. 

 

Para mim não significa só serem dois a falar mas também, porque o dual é uma forma arcaica que só quase Homero usa, a tentativa de uma fala arcaica para uma relação arcaica como mundo. Enjoei os modernismos.

Palavras de Sophia para Jorge de Sena, explicando o título deste livro

01
Abr19

√Č preciso que eu deixe o poema dizer-se

Easy Listening - 11x14" illustration art print- ready to ship@ www.pinterest.pt

 

O meu esfor√ßo √© para conseguir ouvir o ¬ępoema todo¬Ľ e n√£o apenas um fragmento. Para ouvir o ¬ępoema todo¬Ľ √© necess√°rio que a aten√ß√£o n√£o se quebre ou atenue e que eu pr√≥pria n√£o intervenha. √Č preciso que eu deixe o poema dizer-se. Sei que quando o poema se quebra, como um fio no ar, o meu trabalho, a minha aplica√ß√£o n√£o conseguem continu√°-lo.

 

in Arte Poética - IV

Dual - Sophia de Mello Breyner Andresen

01
Abr19

O poeta é um escutador

Fernando Pessoa dizia: ¬ęAconteceu-me um poema.¬Ľ

A minha maneira de escrever fundamental √© muito pr√≥xima deste ¬ęacontecer¬Ľ. O poema aparece feito, emerge, dado (ou como se fosse dado). Como um ditado que escuto e noto.

 

√Č poss√≠vel que esta maneira esteja em parte ligada ao facto de, na minha inf√Ęncia, muito antes de u saber ler, me terem ensinado a decorar poemas. Encontrei a poesia antes de saber que havia literatura. Pensava que os poemas n√£o eram escritos por ningu√©m, que existiam em si mesmos, por si mesmos, que eram como que um elemento do natural, que estavam suspensos, imanentes. E que bastaria estar muito quieta, calada e atenta para os ouvir.

 

Desse encontro inicial ficou em mim a noção de que fazer versos é estar atento e de que o poeta é um escutador.

 

in Arte Poética - IV

Dual - Sophia de Mello Breyner Andresen

P√°g. 20/20

2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
Em 2021 irei ler Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos P√°ssaros est√° aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Estante

no fundo da estante