Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

02
Mai19

E um desses brevíssimos instantes em que se tocam é na tirania da ausência


logo.jpg

Desde que comecei a ler alternadamente Clarice e Cecília, ambas se passeiam pelo meu pensamento, como se não as conseguisse dissociar.

 

Não se contagiam uma à outra, nem se complementam, pelo contrário, existem em diferentes universos paralelos, tocando-se por brevíssimos momentos da mesma existência. E um desses brevíssimos instantes em que se tocam é na tirania da ausência.

 

Estas duas mulheres nasceram de ausências biográficas e viveram em ausência na escrita, elevando-se como deusas nos seus próprios termos.

01
Mai19

Se eu pudesse confessar-me seria este o poema

logo10.pngSão tantos os poemas que gosto de Cecília, que um dia vou emoldurá-los. Restará apenas o colorido dos seus versos na minha parede branca. Vou ter de equacionar esta ideia seriamente e decorar as paredes com poemas.

 

Ah, se eu pudesse confessar-me seria este o poema da minha Confissão.

 

Ali√°s, mais do que uma confiss√£o √© a s√≠ntese dos √ļltimos anos que tenho vivido. N√£o sei como cheguei aqui, a este momento, ao agora, mas cheguei s√£ e salva e √© tudo o que importa.

 

De tanto querer ser boa,

misturei o céu com a terra,

e por uma coisa à-toa

levei meus anjos à guerra.

 

Onde errei?

Errei ao tentar ser alguém que não eu.

 

Talvez o mundo nascesse certo/ mas depois ficou errado.

 

Sou mais eu agora, do que fui.

E prometo não deixar de o ser, por nada nem ninguém.

Pus caleidoscópios de estrelas

entre cegos de ambas as vistas.

Geometrias imprevistas,

quem se inclinou para vê-las?

01
Mai19

Lutei toda a minha vida contra a tendência ao devaneio

Lutei toda a minha vida contra a tend√™ncia ao devaneio, sempre sem jamais deixar que ele me levasse at√© as √ļltimas √°guas.

 

Mas o esforço de nadar contra a doce corrente tira parte de minha força vital. E, se lutando contra o devaneio, ganho no domínio da acção, perco interiormente uma coisa muito suave de se ser e que nada substitui.

 

Mas um dia hei de ir, sem me importar para onde o ir me levar√°.

in  Ir contra uma maré

A Descoberta do Mundo (Crónicas) - Clarice Lispector

P√°g. 9/9

2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
Em 2021 irei ler Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos P√°ssaros est√° aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Estante

no fundo da estante