Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

31
Ago19

Colecção cápsula de filosofia vintage | O que eu me rio com o Rio

imageedit_2_9042752470.pngMilhares de pessoas questionaram se a conta de Twitter de Rui Rio era mesmo oficial. E a empresa já esclareceu. "Temos contas paródia de José Sócrates, Passos Coelho e António Costa, mas aquela conta do Rui Rio é mesmo gerida por ele.

A conta inclusive tem o selo azul e está verificada. Foi mesmo ele pessoalmente que escreveu aquilo e não nenhum hacker nem alguém de dentro do PSD que tem a password da conta e quer tramá-lo.

Nenhum humorista por melhor que seja vai conseguir fazer uma conta paródia com melhores piadas que a conta real do Rui Rio.

O Inimigo Público

in jornal Público n.º 10.707 de 16 de Agosto de 2019

31
Ago19

Sophia & Sena celebrados no cinema

Em 2019 não se celebra apenas o centenário do nascimento de Sophia, mas também o de Jorge de Sena.

Sena e Sophia nasceram quase no mesmo dia, em 2 e 6 Novembro de 1919, mas não seria apenas esta a única coincidência a uni-los numa profunda amizade.

Amizade essa que ficaria registada para a posteridade nas cartas que trocaram ao longo da vida e que, mais tarde, viria a ser cinematografada por Rita Azevedo.

A Cinemateca à guisa de celebração - e muito bem - destes dois grandes nomes da literatura irá exibir em Setembro mais de uma vintena de filmes para celebrá-los:

Este ano “a celebração do centenário do nascimento dos dois poetas não ficaria completa sem uma justa referência à atenção que Jorge de Sena e Sophia dedicaram ao cinema”, afirma a Cinemateca em comunicado. 

Assim, em Setembro acolherá dois ciclos, com um total de 27 filmes, “assinalando a relação por eles mantida com o cinema internacional, e a sua presença, ou alguns dos seus ecos, no cinema português, cinema este que, aliás, em muitas das suas vertentes é carregado de um profundo poético”.

O primeiro é dedicado a Jorge de Sena que fez crítica de cinema, apresentou filmes e fez palestras sobre cinema. Segundo a Cinemateca, além do universo dos filmes sobre os quais Jorge de Sena escreveu, o ciclo inspira-se ainda numa lista de dez filmes que o escritor disse, em 1968, que levaria com ele para uma ilha deserta.

in Público

Deste ciclo de cinema gostaria de destacar:

 

Correspondências de Rita Azevedo Gomes

Segunda-feira [16.09] 18:00 | Sala M. Félix Ribeiro

O filme será exibido com a presença da realizadora. Inspirado nas cartas trocadas entre Sophia de Mello Breyner Andresen e Jorge de Sena, durante os quase vinte anos de exílio deste último, a realizadora confessou que foi uma espécie de re-memória do meu início neste gosto pela poesia, por estes dois autores.

 

Sophia de Mello Breyner Andresen de João César Monteiro

Segunda-feira [16.09] 21:30 | Sala M. Félix Ribeiro
Quando questionado sobre esta curta-metragem sobre a poetisa do mar, João César Monteiro declarou-a assim: no que ao meu filme diz respeito, suponho que, antes do mais, ele é a prova, para quem a quiser entender, que a poesia não é filmável e não adianta persegui-la.

30
Ago19

Escrever custa

Escrever foi - e é - a maior desilusão da minha vida. Quando percebi que para escrever "Havia um macaco", era preciso escrever "H" e depois "a" e depois "v" e depois "i" e "a" - e ainda só se tinha conseguido escrever "havia" -, compreendi a lentidão esmagadora da escrita, o registo burocrático, a dama de companhia, o corte imenso e o desperdício de escrever.

Miguel Esteves Cardoso

in jornal Público n.º 10.707 de 16 de Agosto de 2019

29
Ago19

Basta uma agulha e rebentamos todas em elegância

imageedit_1_5045287210.pngDedilhava eu as páginas desta revista quando me deparo com uma entrevista sobre como perder peso com acupuntura. Claro, se estivermos gordas que nem um balão basta uma agulha e rebentamos todas em elegância.

Obviamente que a entrevista é feita como quem não quer nada. Toda uma generosidade só! Informação desinteressada que nem é tão interessante assim:

 

É verdade que já não estamos na idade das "cavernas", mas o nosso organismo continua biologicamente preparado para armazenar gordura, apesar de não necessitar.

 

Nem tinha reparado que já não estávamos na idade das "cavernas".

O tempo voa!

Ainda não acabara de ler a entrevista quando tropeço em duas referências à clínica onde o senhor entrevistado é director clínico, uma indicação do preço de cada sessão e todo um cardápio de tratamentos disponíveis. Mas claramente isto é apenas uma entrevista sobre uma dieta com brindes grátis. Como no Happy Meal:

 

Ao fim de seis meses de tratamento, a Maria perdeu 20kg e ganhou auto-estima, alegria de viver e melhores relações interpessoais.

 

Parece que estou a ler um folheto.

Na minha humilde opinião literária, os folhetos do Lidl são melhores.

29
Ago19

Os artistas são pessoas felizes?

Há um mito que persiste, que é o do artista deprimido e de que o sofrimento leva à produção artística. O sofrimento e a insatisfação podem desencadear processos criativos, mas o facto é que ninguém verdadeiramente deprimido consegue produzir seja o que for, porque a depressão esmaga uma pessoa.

Lia Ferreira em entrevista

in Revista Lux Woman Setembro 2019 | Pág. 38

Pág. 1/6

2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
Em 2021 irei ler Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos Pássaros está aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog não adopta o novo Acordo Ortográfico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D