Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

01
Jul20

A causa injusta e o combate perdido

Os homens: lucidamente vencidos, recuando e combatendo, rodeados de morte, medindo os seus gestos, medindo a medida de eficácia dos seus gestos, combatendo por cada passo, sabendo a causa injusta e o combate perdido. Lucidamente vencidos, combatendo sob o brilho lucidíssimo dos astros.

in Praia

Contos Exemplares - Sophia de Mello Breyner Andresen

01
Jul20

A ideia de que Cristianismo e virtude não são a mesma coisa

con1.pngDa Grécia, vem um certo encanto pela virtude, pela rectidão e pela inteireza que são próprios do modelo heróico; e, de facto, nas personagens de Sophia, mesmo nas mais burguesas, há sempre uma forte relação com a virtude; seja a honestidade inquebrável do comerciante Hans, seja a inteireza de um cavaleiro nórdico; esta virtude tem sempre uma solidez admirável, quase distante, mas não é propriamente cristã. 

(...)

Este é, aliás, um dos grandes temas morais de Sophia de Mello Breyner: a ideia de que Cristianismo e virtude não são a mesma coisa é radical e presta-se a bastantes equívocos.

O que está em causa não é propriamente uma denúncia da hipocrisia, ou a ideia de que os cristãos não fazem verdadeiramente aquilo que pregam. A ideia é mais simples e mais profunda: em primeiro lugar, o que Sophia pretende demonstrar é que a virtude implica um esforço, sim, mas que não está necessariamente relacionada com o amor.

O homem virtuoso pode ser sério e até generoso, pode sê-lo contra todas as tentações, mas isso não implica que o Cristianismo e o amor tragam um desconforto às suas vidas.

A virtude é uma educação de si-próprio, e por isso louvada por Sophia, com a mesma admiração que lhe merece a grande arte renascentista e tudo aquilo que enobrece o Homem; mas o amor Cristão, porém, não é sobre nós mas sobre os outros.

A ideia de justiça em Sophia é muito forte porque implica a ideia de que a justiça, enformada pelo amor, exige que o outro esteja acima de nós. É, portanto, perfeitamente possível ser virtuoso sem ser justo, e ser justo sem ser virtuoso.

O conflito que Sophia traça entre a virtude e a justiça ou o amor não se reduz à ideia de hipocrisia, implica que duas coisas que têm, muitas vezes, consequências iguais são, na raiz, completamente diferentes.

 

Excerto de A virtude e o amor nos contos de Sophia de Carlos Maria Bobone

@ Observador

Pág. 10/10

Quanto mais leio menos sei
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos Pássaros está aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
Notícias literárias ou assim-assim em Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog não adopta o novo Acordo Ortográfico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Estante

no fundo da estante