Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

31
Mar21

A celebrar o Dia Mundial do Teatro

teatro.png

Para celebrar o Dia Mundial do Teatro, que já ocorreu a 27 de Março, estou a ler Filoctetes de Sófocles. Não encontrei melhor homenagem ao teatro do que ler uma tragédia grega.

Os tempos invulgares que atravessamos está cheio de inesperados e foi num deles que conheci Filoctetes, a última peça que Sófocles encenou:

 

A tragédia de um homem rejeitado e atirado para uma solidão injusta e roaz de dez anos e a sua luta contra toda a espécie de pressões e ameaças, viessem de onde viessem, para continuar livre e senhor do seu querer e dos seus actos.

in Prefácio de José Ribeiro Ferreira

29
Mar21

Quem quiser iniciar-se na escrita deve começar por escrever poemas

poetry.png

Tal como todas as outras artes, a poesia tem a sua técnica. Claro que qualquer um pode escrever algumas linhas e chamá-lo de poema, mas um poema é muito mais que algumas linhas.

Aliás, quem quiser iniciar-se na escrita deve começar por escrever poemas.

E porquê?

Num poema tem de caber muito com poucas palavras. Não há melhor exercício para a prática da escrita do que concentrar em poucas linhas histórias, paisagens, emoções. Um poema não permite excessos, palavras aprisionadas, nós por desatar. Metaforicamente permite, mas isso serão outros instantes da minha estante.

Para escrever poesia há que escutar e não inventar.

E nas intermitências do cantar e do conversar escreve-se um poema.

28
Mar21

O que é, afinal, a poesia?

poetry.png

Longe de mim tentar definir uma arte como a poesia. Aliás, as definições são o que são: inevitáveis. 

E se ainda assim insistirmos em defini-la, podemos sempre questionar directamente o poeta. Teremos tantas respostas, quantos poetas que a escrevem.

E se questionarmos os leitores, iremos obter as sensações que a poesia lhes provoca e raramente uma definição.

E se viajarmos no tempo, percebemos que os gregos serviram-se também da forma poética para registar eventos históricos.

O que é, afinal, a poesia?

A resposta mais exacta e precisa surgiu quando menos a esperava. Não me recordo da sua autoria, mas é a definição perfeita para quem, como eu, não gosta de definições:

A Poesia é a história da alma humana.

28
Mar21

Eternidade

Vens a mim

pequeno como um Deus,

frágil como a terra,

morto como o amor,

falso como a luz,

e eu recebo-te

para a invenção da minha grandeza,

para rodeio da minha esperança

e pálpebras de astros nus.

Nasceste agora mesmo. Vem comigo.

Perseguição (1942)

in Poesia I de Jorge de Sena

Pág. 1/6

Quanto mais leio, menos sei

O autor português de 2021/2022 é Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
A autora portuguesa em destaque de 2019/2020 foi Sophia de Mello Breyner Andresen
Visitem o seu mundo encantado
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos Pássaros está aqui!
Tudo o que escrevi para Os Desafios da Abelha está aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog não adopta o novo Acordo Ortográfico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

Estante

no fundo da estante