Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

31
Mai22

E consciência de que aprendera da vida

(...) e atravessavam para a entrada onde a sentinela, com a superioridade do soldado ¬ępronto¬Ľ, se seguia numa displic√™ncia de olhar, em que havia desprezo, piedade, desejo de repetida transmiss√£o das humilha√ß√Ķes que em recruta sofrera, e consci√™ncia de que aprendera da vida, naqueles seus tempos de cidade, muito mais que nem todos os da cidade sabiam.

Excerto do conto¬†O ¬ęBom Pastor¬Ľ

in Os Grão-Capitães (1976)

de Jorge de Sena

30
Mai22

Uma espécie de indiferença desprezível pelo mundo

21962060_NYu4a.pngO mundo em que vivemos tende naturalmente para a degrada√ß√£o e a vileza, e n√£o pode, sem elas, ser descrito, sob pena de pactuarmos, traindo a vida e a arte, com os ¬ębem-pensantes¬Ľ, promotores de todas as tiranias.

Jorge de Sena

 

Das p√°ginas d'Os Gr√£o-Capit√£es liberta-se uma nuvem de desprezo, quer das personagens perante as condi√ß√Ķes humanas em que vivem mergulhados, quer pelo autor como observador participativo das circunst√Ęncias que observa e/ou vive.¬†√Č peculiar como a mis√©ria destas p√°ginas, ao impregnar-se na aura de quem a vive, se vai transformando numa esp√©cie de indiferen√ßa desprez√≠vel pelo mundo.

29
Mai22

A parada do quartel do Bom Pastor

A parada do quartel do Bom Pastor, tal como a entrada, era um tumulto de pequenos grupos atarantados, que iam chegando, se desfaziam, se formavam, e de entre os quais vultos trocavam apelos de reconhecimento, ou, numa alegria nervosa e expectante, insultos e piadas grosseiras que gestos obscenos sublinhavam.

 

Excerto do conto¬†O ¬ęBom Pastor¬Ľ

in Os Grão-Capitães (1976)

de Jorge de Sena

28
Mai22

Imbuída pelo meu desejo de ler mais filosofia

1009738-Nicolas_de_Cusa.jpg

J√°¬†aqui¬†tinha comentado que o meu interesse pela filosofia tem aumentado nestes √ļltimos anos, especialmente pelo estoicismo, a¬†que mais¬†tem influenciado a minha perspectiva humana do mundo.

N√£o s√≥ imbu√≠da pelo meu desejo de ler mais filosofia, mas tamb√©m pela curiosidade em descobrir porque Sena era t√£o fascinado por Nicolau de Cusa e o tornou no seu mestre de pensar, n√£o resisti e comecei a ler¬†A Douta Ignor√Ęncia.

Mas esta admira√ß√£o determinar√°, espero, o olhar do teu¬†√Ęnimo sempre √°vido de saber, n√£o tanto pelo facto de julgares aqui inserido algo de desconhecido antes, mas mais pela¬†aud√°cia com que sou levado a tratar da douta ignor√Ęncia.

in A Douta Ignor√Ęncia de Nicolau de Cusa

(Tradução, introdução e notas de João Maria André)

Deixo o link do livro para quem se atrever a ler.

28
Mai22

A for√ßa dos do n√ļmeros

Assim, toda a investiga√ß√£o consiste numa propor√ß√£o¬†comparativa f√°cil ou dif√≠cil.¬†√Ȭ†por isso que o infinito como¬†infinito, porque escapa a qualquer propor√ß√£o, √© desconhecido.

A propor√ß√£o, exprimindo simultaneamente acordo¬†por um lado e alteridade por outro, n√£o pode ser entendida¬†sem o n√ļmero.

O n√ļmero inclui, pois, todas as coisas suscept√≠veis de propor√ß√£o. Portanto, o n√ļmero n√£o est√° apenas¬†no √Ęmbito da quantidade, ele que cria propor√ß√£o, mas em¬†rodas as coisas que, de qualquer modo, possam concordar¬†ou diferir em subst√Ęncia ou em acidente. Talvez por isso,¬†Pit√°goras considerava que todas as coisas eram constitu√≠das¬†e entendidas pela for√ßa dos do n√ļmeros.

 

in A Douta Ignor√Ęncia de Nicolau de Cusa

(Tradução, introdução e notas de João Maria André)

P√°g. 1/8

Quanto mais leio menos sei
O autor português de 2021/2022 é Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
A autora portuguesa em destaque de 2019/2020 foi Sophia de Mello Breyner Andresen
Visitem o seu mundo encantado
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos P√°ssaros est√° aqui!
Tudo o que escrevi para Os Desafios da Abelha est√° aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
Notícias literárias ou assim-assim em Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Estante

no fundo da estante