Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

09
Fev24

A Nuvem, um livro inesperado

NATALIA.jpg

No inesperado livro A Nuvem, impreca√ß√£o feminina sobre uma¬†paix√£o, a mover-se entre o C√Ęntico dos C√Ęnticos, os m√≠sticos, o Quixote,¬†Shakespeare e Anatole France, produzindo at√© um efeito de satura√ß√£o¬†intertextual que quase se sobrep√Ķe √† ansiedade amorosa e √† domina√ß√£o¬†efabulada da mulher.

No entanto, esta Nuvem, que está longe de ser o melhor de Natália, afirma-se na sua mundividência como momento inultrapassável, dando conta da simbolização afirmada mas evanescente de um gineceu central.

in A nuvem turbulenta : bosquejo da obra literária de Natália Nunes de Maria Alzira Seixo, 
Col√≥quio/Letras, n.¬ļ 186, Maio 2014, p. 204-209
08
Fev24

Compareçam todos os povos

Entrementes, a fim de povoar e aumentar ainda mais a sua cidade, convidou todos¬†aqueles que ali quisessem vir habitar, oferecendo-lhes todos os mesmos direitos e os mesmos¬†privil√©gios de burguesia dos cidad√£os naturais: de tal maneira que se estima que essas¬†palavras ainda hoje usadas em Atenas quando se faz um clamor p√ļblico, ¬ęCompare√ßam todos¬†os povos¬Ľ, s√£o as mesmas que Teseu fez ent√£o proclamar quando reuniu assim um povo de¬†todas as costas.

Excerto de Teseu e Rómulo

in Vidas Paralelas de Plutarco

07
Fev24

Uma via teórica para o entendimento das coisas, de tudo

NATALIA.jpg

Diga-se a prop√≥sito que Nat√°lia Nunes se mostra, desde as primeiras obras, receptiva a experi√™ncias t√©cnicas narrativas, as quais por√©m¬†nunca lhe secundarizam o pensamento ‚ÄĒ nem impedem a via cr√≠tica de¬†formalismos, que n√£o raro esbo√ßa, mesmo que a informa√ß√£o que deles¬†tem possa n√£o ser a mais correcta.

Mas n√£o √© a teoria da literatura que¬†lhe interessa, e sim uma via te√≥rica para o entendimento das coisas, de¬†tudo (literatura inclu√≠da): um modo de olhar (modo de ler, disse √ďscar¬†Lopes) o mundo e a sua representa√ß√£o na arte; o constante vaiv√©m¬†entre representa√ß√£o do mundo e sua transposi√ß√£o imag√≠stica, textual, ou¬†plenamente significante, em altera√ß√Ķes do quotidiano, sobreposi√ß√£o de¬†dimens√Ķes, conjun√ß√£o/dissen√ß√£o de personagens.

O que se concretiza,¬†por um lado, na diversidade verificada nas suas obras, em concep√ß√£o e jeitos de concretiza√ß√£o escrita; por outro lado, em desafios √† circunst√Ęncia efectiva (o chamado ¬ęreal¬Ľ) que comunica atrav√©s de figuras¬†estranhas, de efeitos inquietantes e, sobretudo, da prefer√™ncia manifesta¬†pelas afec√ß√Ķes mentais.¬†Que a mente domina o facto f√≠sico, eis uma norma de efeito, dir-se-ia, apod√≠ctico, na fic√ß√£o de Nat√°lia Nunes.¬†

in A nuvem turbulenta : bosquejo da obra literária de Natália Nunes de Maria Alzira Seixo, 
Col√≥quio/Letras, n.¬ļ 186, Maio 2014, p. 204-209
07
Fev24

Os homens n√£o s√£o capazes de suportar uma felicidade extraordin√°ria

Os homens não são capazes de suportar uma felicidade extraordinária. Por isso todo o amor autêntico o é de perdição. Contentam-se com rápidas surtidas, de longe em longe ou uma vez na vida, pela floresta cerrada das alegrias e dos prazeres perfeitos. 

Aí entram, às furtadelas, vagueiam, calados, em busca de bagas perfumadas, deitam-se em camas de folhagem fresca e adormecem logo. Chega a tarde, o lusco-fusco, um lépido esquilo salta pelos ramos e os homens acordam, sobressaltados, apavorados naquele inefável recolhimento de zona fechada e secreta

in A Nuvem. Estória de Amor (1970) de Natália Nunes

06
Fev24

No dia de São Valentim um encontro às cegas com um livro

bookinices_winter.png

Após este pequeno grande interregno de algumas semanas, espero voltar a publicar no Livrologia com a regularidade que me é habitual. 

 

Ao longo do m√™s de Fevereiro a Biblioteca Municipal de Lagoa vai promover a atividade ‚ÄúEncontro √†s Cegas com um Livro na Biblioteca‚ÄĚ, para assinalar o Dia de S√£o Valentim, desafiando-a/o a ir ao encontro marcado com o livro da tua vida!

 

Estou curiosa para ler a nova biografia de Lu√≠s de Cam√Ķes¬†que vai ser publicada em Junho, nos 500 anos do poeta e que mostra o homem por detr√°s do mito, num trabalho de cinco anos de Isabel Rio Novo:¬†‚ÄúFui-me divertindo raspando a patine do busto e descobri o homem que existe por baixo dessas camadas de sentido que lhe fomos acrescentando‚ÄĚ, disse, afirmando: ‚ÄúCam√Ķes foi um indiv√≠duo do seu tempo, genial do ponto de vista do talento e da capacidade de refletir sobre a vicissitude da sua exist√™ncia, mas enquadrado no seu tempo.‚ÄĚ

 

Ainda n√£o tem data, mas j√° tem m√™s marcado. O Book 2.0 volta em Setembro para discutir a leitura com os leitores.¬†O presidente da APEL garante que, tal como a primeira edi√ß√£o, o Book 2.0 vai trazer um debate ‚Äúlivre, franco e aberto‚ÄĚ sobre os livros: ‚ÄúVamos ter uma segunda edi√ß√£o. J√° estamos a prepar√°-la e acho que vai ser ainda melhor que a primeira‚ÄĚ, revela Pedro Sobral. ‚ÄúSer√° em setembro de 2024. Ainda n√£o temos uma data precisa porque estamos a afinar detalhes como o local‚ÄĚ, explica.

P√°g. 6/6

Quanto mais leio menos sei
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos P√°ssaros est√° aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
Notícias literárias ou assim-assim em Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Estante

no fundo da estante