Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Livrologia

Livrologia

05
Jul23

A cosmologia de Nicolau de Cusa

1009738-Nicolas_de_Cusa.jpg

Nicolau de Cusa tentou criar uma astronomia que reflectisse as conquistas teóricas da Douta Ignorância e, se observarmos os seus resultados de uma perspectiva da ciência moderna, não foram muito além, é um facto, mas ao interrogar-se sobre o problema do infinito e das suas implicações, ajudou a transformar a metafísica e a apontar os seus limites.

Ao colocar a matemática em foco Nicolau de Cusa revela as suas limitações, bem como a impossibilidade de se alcançarem resultados definitivos quando se trata com o absoluto e com a origem do universo.

Teve a ousadia de retirar conclusões dos seus princípios o que o levou, é certo, a teses ousadas sobre o universo e as suas formas, no entanto, com isso também mostrou que os limites da metafísica são os limites do conhecimento enquanto tal e, por isso, têm impacto em áreas como a cosmologia.

Ao mostrar que não podemos conhecer o absoluto, ele expõe a dificuldade de se pensar o universo partindo da sua origem. O mais próximo que conseguimos chegar é às raízes das coisas, sabendo que elas são uma forma contraída do todo, mas nunca conseguiremos chegar ao todo.

Nicolau de Cusa não quer que abandonemos a nossa busca pelo saber cosmológico,  muito pelo contrário, ele indica-nos que nos podemos aproximar infinitamente do saber inalcançável da totalidade, e é exactamente isso que torna a exploração do universo e dos seus significados tão fascinante.

Quanto mais leio menos sei
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos Pássaros está aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
Notícias literárias ou assim-assim em Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog não adopta o novo Acordo Ortográfico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D