Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Livrologia

Livrologia

01
Ago20

Apesar de toda a sua estranheza quixotesca era uma pessoa inesquecível

kuchelbecker.png

Debaixo da aparência um pouco estranha de Küchelbecker havia um verdadeiro entusiasta, um sonhador cheio de generosidade, um amante da poesia, a gentileza em pessoa. Apesar de toda a sua estranheza quixotesca era uma pessoa inesquecível.

Estudava bastante e era um dos leitores mais inveterados da escola, tanto que foi ele que apresentou a literatura alemã aos seus colegas. 

O professor Pileckigave esceveu sobre ele, à guisa de avaliação:

Kühelbekker Wilhelm, religião luterana, 15 anos.

Capaz e muito diligente; constantemente embrenhado na leitura e na escrita, não se importa com mais nada, e por isso as suas coisas têm pouca ordem e limpeza. No entanto, ele é bem-humorado, sincero, cauteloso, zeloso, com tendência à prática de exercício constante, selecciona objectos importantes para si próprio, expressa -se suavemente e é estranho lidar com ele. Em todas as suas palavras e acções, especialmente nas composições, nota-se alguma tensão e pompa, muitas vezes sem decência...

Küchelbecker teve a sorte de conhecer os maiores génios do seu tempo, como Pushkin, mas o seu temperamento intempestivo e instável não lhe permitiram atingir o sucesso que merecia.

As tradições do classicismo russo entrelaçavam-se com o espírito do romantismo na sua escrita. Os heróis de Küchelbecker eram impetuosos, livres pensadores, lutadores pela liberdade e inimigos da tirania, sempre abraçados a uma causa que trouxesse um pouco mais de justiça ao mundo.

Infelizmente, apenas uma pequena parte do que Küchelbecker escreveu foi publicado em vida. A maioria apenas viu a luz no século XX.

2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
Em 2021 irei ler Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos Pássaros está aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog não adopta o novo Acordo Ortográfico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D