Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Livrologia

by Miss X

Livrologia

by Miss X

17
Ago18

Arkadi Averchenko| A fuga da Rússia

Em Novembro de 1920, quando os bolcheviques entraram na cidade, Averchenko conseguiu milagrosamente entrar no último navio a caminho de Constantinopla (actual Istambul).

Os primeiros anos no exílio foram frutíferos. Naquela época, havia muitos russos em Constantinopla, mas Averchenko partiu pelo mundo, vagueando errante.

Em França, ninguém limitou a sua liberdade.

A publicação de literatura anti-bolchevique estava então em voga e Averchenko escreveu vários panfletos satíricos dedicados ao novo poder soviético.

Em 1922, Averchenko mudou-se para a Bulgária e mais tarde para Belgrado. Acabou por se fixar em Praga, onde se tornou muito popular.

No entanto, a vida longe da sua terra e da sua língua foi-lhe difícil. Muito do que escreveu no exílio foram palavras de alienação e de nostalgia pela Rússia. 

Na sua escrita última, o humor desvaneceu-se.