Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Livrologia

Livrologia

10
Jul20

Já escurecera havia muito quando o comboio parou na cidadezinha de Peso da Régua

Cecilia Meireles.pngAs ligações de Cecília a Portugal vão muito para além da família com raízes portuguesas e da literatura lusíada.

Atravessaram o oceano não só até Lisboa, mas também até Moledo de Penajóia, onde o Palácio da Boa Esperança abrigava as raízes familiares de Fernando Correia Dias.

Em Moledo de Penajóia, o casarão da família Correia Dias, conhecido na região como Palácio da Boa Esperança, olhava para o rio Douro e "para as montanhas por uma infinidade de vidraças".

No portal, armas de pedra com as insígnias: "Valor, Lealdade, Mérito".

Já escurecera havia muito quando o comboio parou na cidadezinha de Peso da Régua. De lá era preciso atravessar o Douro até à aldeia de Penajóia, distante uns cinco quilómetros da estação.

Naquela época, antes da construção das pontes e das sucessivas barragens, o rio era tão entrecortado por pedras, que ela chegou a opinar que talvez fosse possível ir caminhando por elas até a outra  margem. Idéia absolutamente vetada pelo grupo que ali fora encontrá-los, munido de candeeiros, com um barco reservado para a travessia.

Cecília conformou-se e se acomodou na embarcação, "naquela noite tão negra, tão fria, com um barqueiro maneta que remava de pé..."

in Cecília em Portugal* por Leila Vilas Boas Gouvêa

*Ortografia português do Brasil no original

2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
Em 2021 irei ler Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos Pássaros está aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog não adopta o novo Acordo Ortográfico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D