Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livrologia

Livrologia

3 coment√°rios

  • Imagem de perfil

    Miss X 13.12.2019

    De facto o livro é um produto, mas algures no tempo já foi uma obra de arte e cada vez mais se está a transformar numa amálgama de páginas escritas sobre nada. Não abomino totalmente a ideia de que um livro possa ser vendido num supermercado, visto que é um local prático e acessível a qualquer leitor, mas de outra maneira, num espaço adequado e não em meras prateleiras ao lado do pão e do talho. A tão aclamada democratização da escrita tem trazido a lume mais livros escritos, mas com cada vez menos qualidade. A ideia de que qualquer pessoa pode ser escritor/a tem vindo a diminuir drasticamente a qualidade do que se lê. Obviamente que qualquer pessoa pode escrever e publicar, mas publicitar a mediocridade como literatura, que é umas das artes nobres da Humanidade, é difícil de aceitar. Aliás, um livro best seller não significa automaticamente que tenha qualidade literária, mas aparentemente todos acreditam que sim, só porque todos o compram.
  • Imagem de perfil

    Sara 14.12.2019

    Não estou a perceber a relação entre a mediocridade literária (parte com a qual concordo) e o supermercado...O que está lá à venda não é o mesmo que está à venda nos escaparates principais da Fnac? Apenas em menos quantidade...Eu já comprei Saramagos no supermercado, comprei o Dom Quixote quando fizeram uma edição a dez euros...
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem coment√°rios moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
    Visitem o mundo encantado de Sophia
    Em 2021 irei ler Jorge de Sena
    Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
    A Miss X aceitou o Desafio de Escrita dos Pássaros pela 2.ª vez!
    Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
    Cinema e literatura num só.
    Venham também!
    bookinices_spring.png
    A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
    Espreitem as bookinices
    A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    O que leio, capa a capa

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    Estante

    no fundo da estante