Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Livrologia

Livrologia

22
Mai20

O desafio de escrita dos pássaros #2.ª edição comentada

A 2.ª edição do Desafio dos Pássaros foi atípica, mas nada que fizesse parar a pena de quem sente o ímpeto de escrever, apesar das adversidades pandémicas.

Foi com tristeza que escrevi o último texto desta edição, mas espero que os @Pássaros não desistam destes desafios, porque eu e tantos outros cá estaremos para os acompanhar nos seus voos futuros. 

A todos os que participaram, adorei ler-vos e ainda bem que continuaram a escrever, apesar de tudo.

E à guisa de despedida desde desafio, aqui ficam todos os desafios a que compareci nesta 2.ª edição, quase todos escritos de véspera, pela inclemência do tempo que foi sempre pouco.

 

#1 Acho que a coisa não vai correr bem

Tudo corre bem, desde que ninguém se meta com Deus e se ache mais esperto.

 

#2 É que isso de médicos, nunca fiando

Quem me lê sabe que adoro criar estas pequenas bandas desenhadas, para que a escrita não seja sempre tão séria, especialmente quando vamos ao médico.

 

#3 Manual para iniciar relacionamentos

Fico logo enjoada quando me pedem para escrever temas românticos e ai de mim se deste tema saísse uma telenovela a escorrer dramas amorosos com finais felizes de pastilha elástica. Bem, se insistissem muito num tema romântico eu escrevia, claro que sim, mas seria uma história à George R. R. Martin e ficava tudo resolvido no final com cabeças cortadas.

Para não ferir susceptibilidades - que ainda há pessoas sensíveis neste mundo - escrevi literalmente um manual de intruções inspirado na grande obra literária que é o manual da minha máquina de lavar roupa.

 

#4 O google está errado

Ai, pois está e apresentei provas.

 

#5 Acordas e tudo o que mais desejavas realizou-se: conta-nos o teu dia

Escrevi sobre o paradoxo do dia mais utópico da minha vida.

 

#6 Oh não, um vírus outra vez!

Com que então pensavam que eu não iria adulterar a letra de mais uma canção?!

 

#7 Escreve o teu elogio fúnebre

Não gosto de escrever sobre a morte, mas desafio é desafio. 

 

#8 Foi tão bom, não foi

Um poema onde decidi brincar com os tempos do verbo ser.

 

#9 Tenho uma ideia

Foi um dos que mais prazer me deu escrever, porque desde a infância que associei a palavra "ideia" à ciência.

 

#10 Não tenho tempo para te aturar

Quis dedicar um poema ao meu filho, que me ajudou sempre com as ideias mais estapafúrdias e geniais para escrever os textos deste desafio.

 

#11 Actualizem-me, por favor

Numa operação stop onde estive parada duas horas simplesmente porque queria regressar a casa. Essa espera foi a base de inspiração para este desafio.

 

#12 Cada um come o que quer e repete se quiser

Uma homenagem a este grande marco histórico que foi esta quarentena, que jamais será esquecida.

 

#13 E elas saltaram, saltaram, sem nunca mais parar

Escrevi de véspera e escrevi um poema com tudo o que a inspiração me trouxe nesse momento.

 

#14 Cantas bem, mas não m' encantas

Um aviso a todos os que praticam esta nobre arte do engano, pois desenganem-se que a vossa cantiga entra no ouvido, mas jamais ficará no coração.

 

#15 Mais oito

Inspirei-me no tempo que passa e que agora tento não desperdiçar inutilmente.

 

#16Vou ali e já venho

A minha despedida do desafio de escrita dos pássaros.

 

E vocês? Qual foi o texto de que mais gostaram?

O autor português de 2021 é Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
A autora portuguesa em destaque de 2019/2020 foi Sophia de Mello Breyner Andresen
Visitem o seu mundo encantado
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos Pássaros está aqui!
Tudo o que escrevi para Os Desafios da Abelha está aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog não adopta o novo Acordo Ortográfico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D