Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Livrologia

Livrologia

11
Set16

Serguéi Iessénine| Zinaida Reich

Pouco tempo depois de ter abandonado Anna Izryadnova, em 1917, conhece Zinaida Reich no jornal Delo Naroda, onde ela trabalhava como secretária-datilógrafa.

Rapidamente Zinaida torna-se na musa do poeta, começando assim uma história de amor intensa e agitada.

Em Agosto desse mesmo ano viajam para o norte, para o Mar Branco, e casam-se na igreja Kiriko-Ulitovskaya, perto de Vólogda.

Vologda.jpgMuseu Kirillo-Belozersky,¬†Vologda, R√ļssia

Imagem www.absolutrusia.com 

 

A primeira noite da lua-de-mel foi um grande desapontamento para Iessénine. Zinaida tinha-lhe dito que ele seria o primeiro homem e mentiu.

Iessénine nunca a perdoou. 

Viveriam uma hist√≥ria de amor intermitente, com separa√ß√Ķes constantes.

Em 1918, Iessénine parte para São Petersburgo e, nesse mesmo ano, Zinaida grávida, parte para casa dos seus pais em Orel. Dá à luz Tatiana e, mais tarde, com a sua filha nos braços, junta-se a Iessénine em Moscovo. Não tardou para que o casal se separasse novamente.

Em 1920, Zinaida dá à luz o seu segundo filho, Konstantin. Nesta altura, o casal vivia separado. Zinaida vivia num albergue para mães solteiras.

Mem√≥rias do romancista Anatoly Marienhof, amigo √≠ntimo de ¬†Iess√©nine, descrevem sem pudores Zinaida, revelando d√ļvidas sobre a verdadeira paternidade do filho Konstantin, que era moreno, quando todos os descendentes de Iess√©nine eram loiros.

Em 1921 o casamento acaba em divórcio.

Zinaida tornar-se-ia, mais tarde, numa das mais famosas actrizes de Moscovo.

zinaida.jpgZinaida Reich

Imagem www.famousfix.com

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem coment√°rios moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

O Livrologia vai contar os dias até ao Natal com o calendário literário do advento.
Até dia 24 de Dezembro.
Aqui!
A Miss X aceitou o Desafio de Escrita dos P√°ssaros Espreitem o ninho
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
2019 foi o ano que escolhi para ler Sophia de Mello Breyner
Visitem o mundo encantado de Sophia
point.png
Em 2020 irei ler, ao longo de todo o ano, um autor português. Mas ainda é segredo! Querem tentar adivinhar?
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices

ūüďÜ Eventos Livrescos

  •  
  • A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    O que leio, capa a capa

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D