Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

by Miss X

Livrologia

by Miss X

18
Mai15

The frozen sea inside us

sunset-over-frozen-sea-boyan-nedkov.jpg

We need the books that affect us like a disaster, that grieve us deeply, like the death of someone we loved more than ourselves, like being banished into forests far from everyone, like a suicide. A book must be the axe for the frozen sea inside us.

Franz Kafka

18
Mai15

Franz Kafka|A Metamorfose

metamorfose.jpgHá anos que andava a prometer a mim mesma ler Kafka. Dizem que Kafka só deve ser lido num dia ensolarado de Primavera. E foi o que fiz este fim-de-semana. A minha expectativa era a de que iria ficar profundamente deprimida com a leitura. Mas, página a página, identificava-me cada vez mais com as palavras dele.

Não senti esta mesma identificação com Albert Camus.

Com Camus senti-me desconfortável, é verdade, mas um desconforto complexo e desapegado que não consegui tornar meu. Com Kafka, senti que também eu estava naquele quarto a viver tudo aquilo. E compreendi-o. Senti-me eu também ali.

E agora fui contagiada.

Quero ler mais.

04
Jul14

Franz Kafka| O devorador de almas

Kafka não é um escritor para se ler de ânimo leve. Há que escolher o momento ideal das nossas vidas para nos embrenharmos nas suas palavras delirantes, solitárias e loucas. Mas depois conclui que todos os dias da nossa existência são maus para ler Kafka.

É um escritor incomodativo. Irritante.

Porque nos confronta com tudo aquilo sobre o qual não queremos falar: a existência, os objectivos de vida, o poder.

Como ele próprio escreveu numa carta a Oskar Pollak, 'se o livro que estamos a ler não nos acorda com um golpe na cabeça, então porque é que o lemos?'

Deixem-se irritar.

Deixem-se incomodar.

Mas não se deixem devorar.

Porque ele devorou a sua própria alma: “Eu costumo resolver os problemas deixando que eles me devorem”