Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

11
Mai22

Jorge de Sena | Homenagem ao Papagaio Verde

Um conto bel√≠ssimo sobre uma amizade inesperada entre o autor¬† e o seu papagaio verde durante a inf√Ęncia, em que ambos partilham o desprezo pelos adultos que teimavam em cortar os voos da vontade e da imagina√ß√£o.

Um papagaio que acabaria por profetizar o exílio tropical em que um dia Sena se iria refugiar, para longe da clausura do Estado Novo.
06
Mai22

Jorge de Sena | Antigas e Novas Andanças do Demónio

Após a leitura intensa da sua poesia, finalmente acabei de ler o seu primeiro livro de prosa. Contos que me surpreenderam por serem tão diversos, tão distintos entre si, andanças de um andarilho em que o próprio escritor se transformou:

Neste livro s√£o reeditados os meus dois primeiros volumes de contos, Andan√ßas do Dem√≥nio e Novas Andan√ßas do Dem√≥nio, o primeiro de 1960, e o segundo de 1966. [¬Ö] andan√ßas imaginadas por algu√©m a quem o destino (e as condi√ß√Ķes da pr√≥pria p√°tria, ou as condi√ß√Ķes irrevers√≠veis delas resultantes) transformou em andarilho ao ponto de o poder viajar ser j√° mania.

Mas o demónio destas andanças em forma de conto não está em mim, está no mundo (e, com funda pena o digo, não viaja para fora de Portugal, tanto como conviria).

Jorge de Sena

03
Mai22

Jorge de Sena | Defesa e Justificação de um Ex-Criminoso de Guerra

Um conto cruel, que nos leva por entre os meandros da mente de um oficial nazi que, encarregue de controlar um territ√≥rio eslavo, o transforma num recreio para as piores puls√Ķes humanas.

Cada parágrafo o impensável, cada palavra cheia da superioridade daqueles que se crêem superiores como justificação para a violência extrema e a desumanização dos outros.

Entrar na mente de um monstro que acredita ser inocente foi uma leitura difícil.

07
Abr22

Jorge de Sena | Super Flumina Babylonis

Super Flumina Babylonis é um conto belíssimo, talvez um dos melhores destas Antigas e Novas Andanças do Demónio.

Cam√Ķes e Sena num s√≥ conto, denso, profundo, em que a poesia palpita de dor perante a pobreza e o esquecimento. √Č um conto t√£o √≠ntimo que, ali sentados como leitores, escrevemos as mesmas dores, as mesmas amarguras, em plena decad√™ncia, em suma, o √ļnico e derradeiro passo para a ascens√£o.

Quanto mais leio, menos sei

O autor português de 2021/2022 é Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
A autora portuguesa em destaque de 2019/2020 foi Sophia de Mello Breyner Andresen
Visitem o seu mundo encantado
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos P√°ssaros est√° aqui!
Tudo o que escrevi para Os Desafios da Abelha est√° aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
A imprensa comentada no final de cada mês na Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O que leio, capa a capa

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Estante

no fundo da estante