Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livrologia

Livrologia

14
Abr22

A filosofia n√£o est√° distante da nossa vida quotidiana

stoic1.jpgQualquer filosofia é necessária para aprendermos a pensar de forma crítica. Ajuda-nos a ver o mundo de maneira diferente e a mudar a nossa atitude.

A famosa premissa "conhece-te a ti mesmo" inscrito no pórtico de entrada do templo do deus Apolo, na cidade de Delfos na Grécia, no século IV a. C. é a base da filosofia desde o seu nascimento.

Ali√°s, a filosofia n√£o est√° distante da nossa vida quotidiana, muito pelo contr√°rio, ao estar presente nela ajuda-nos a tomar decis√Ķes conscientes, a conhecer-nos a n√≥s pr√≥prios, a n√£o nos alienarmos da realidade que nos rodeia.

Quando caímos num vazio existencial procuramos o consumismo e o produto que compramos assume as características humanas que não temos e gostaríamos de ter. Passamos a ser aquilo que consumimos, a ser o objecto em detrimento da nossa humanidade.

Tudo se resume a uma simples escolha, uma escolha crítica.

14
Abr22

Em guarda contra a crítica supérflua

Foi o cr√≠tico Alexandre que me p√īs em guarda contra a cr√≠tica sup√©rflua.¬†N√£o devemos corrigir bruscamente as pessoas pelos seus erros gramaticais,¬†provincialismos, ou m√° pron√ļncia;¬†√© melhor sugerir a express√£o correcta,¬†apresentando-a n√≥s pr√≥prios delicadamente (...)

Excerto do Livro I

Medita√ß√Ķes de Marco Aur√©lio

13
Abr22

E nunca fazia alarde do seu saber enciclopédico

As minhas dívidas para com Sexto incluem a bondade, a maneira como dirigir o pessoal da casa com autoridade paternal, o verdadeiro significado da Vida Natural, uma dignidade natural, uma intuitiva preocupação pelos interesses dos amigos, e uma paciência bem disposta com os amadores e os visionários.

A disponibilidade da sua delicadeza para com toda a gente emprestava à sua convivência um  encanto superior a qualquer lisonja, e, contudo, ao mesmo tempo, impunha o completo respeito de todos os presentes.

Tamb√©m a maneira¬†como ele precisava e sistematizava as regras essenciais da vida era t√£o ampla¬†quanto met√≥dica. Nunca mostrando sinais de zanga ou qualquer emo√ß√£o, ele¬†era, ao mesmo tempo, imperturb√°vel e cheio de bondosa afei√ß√£o. Quando¬†manifestava a sua concord√Ęncia, fazia-o sempre calma e abertamente, e nunca¬†fazia alarde do seu saber enciclop√©dico.

Excerto do Livro I

Medita√ß√Ķes de Marco Aur√©lio

11
Abr22

O meu ponto de partida pelo amor (philo) ao conhecimento (sophia)

stoic1.jpg

J√°¬†aqui¬†tinha comentado que o meu interesse pela filosofia tem aumentado nestes √ļltimos anos, especialmente pelo estoicismo, a¬†que mais¬†tem influenciado a minha perspectiva humana do mundo.

Neste momento estou a ler Medita√ß√Ķes de Marco Aur√©lio. Ali√°s, √© um livro para se ir lendo. N√£o √© um livro para se fechar na √ļltima p√°gina, mas para se manter aberto.

A filosofia n√£o se encerra em si mesma: observa, reflecte, questiona e tenta responder l√≥gica e racionalmente √†s quest√Ķes que ela pr√≥pria coloca.

A busca do conhecimento de si e do mundo não se esgota num livro, é apenas um ponto de partida.

Medita√ß√Ķes de Marco Aur√©lio √© o meu ponto de partida pelo amor (philo) ao conhecimento (sophia).

10
Abr22

E não me deixar convencer facilmente por pessoas de palavra fácil

Se algu√©m, depois de se¬†zangar comigo num momento de mau humor, mostrasse sinais de querer fazer¬†as pazes, devia mostrar-me logo disposto a ir ao encontro dos seus desejos.¬†Tamb√©m devia ser rigoroso nas minhas leituras, n√£o me contentando com as¬†meras ideias gerais do seu significado; e n√£o me deixar convencer facilmente¬†por pessoas de palavra f√°cil. Por ele, vim tamb√©m a conhecer as Disserta√ß√Ķes¬†de Epicteto, das quais ele me deu uma c√≥pia da sua biblioteca.

Excerto do Livro I

Medita√ß√Ķes de Marco Aur√©lio

01
Fev22

Aprendi a n√£o me ocupar com coisas in√ļteis

Ensinou-me tamb√©m a suportar o trabalho √°rduo, a n√£o precisar de muitas coisas, a atender as minhas necessidades sem incomodar os outros, a n√£o interferir nos neg√≥cios de terceiros e a n√£o dar ouvidos a cal√ļnias contra eles.

Com Diogneto aprendi a n√£o me ocupar com coisas in√ļteis, n√£o dar cr√©dito aos grandiosos profissionais que alegam feitos extraordin√°rios, ou aos magos que falam dos seus encantamentos e poderes de afastar dem√≥nios e similares.

Excerto do Livro I

Medita√ß√Ķes de Marco Aur√©lio

01
Fev22

Com meu av√ī Vero, aprendi

Com meu av√ī Vero, aprendi a ter boas maneiras e a controlar a raiva.

Com as notáveis lembranças do meu pai, obtive um modelo de humildade e coragem.

Com minha mãe, aprendi a ser religioso e generoso e a não somente evitar fazer o mal, mas também a pensar nele; a viver com simplicidade, algo nada costumeiro entre os abastados.

Excerto do Livro I

Medita√ß√Ķes de Marco Aur√©lio

Quanto mais leio menos sei
O autor português de 2021/2022 é Jorge de Sena
Preparem-se para dar a volta ao vosso mundo
A autora portuguesa em destaque de 2019/2020 foi Sophia de Mello Breyner Andresen
Visitem o seu mundo encantado
Tudo o que escrevi para o Desafio de Escrita dos P√°ssaros est√° aqui!
Tudo o que escrevi para Os Desafios da Abelha est√° aqui!
Já começou a viagem pelo mundo da Gata Borralheira.
Cinema e literatura num só.
Venham também!
bookinices_spring.png
Notícias literárias ou assim-assim em Operação Bookini
Espreitem as bookinices
A autora deste blog n√£o adopta o novo Acordo Ortogr√°fico.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D

Estante

no fundo da estante